selo Anuncieaqui triplo

Deia Cypri e sertanejo Edson apoiam ONG Amalo - Associação Amigos dos Animais

por Redação.

01/10/2017 15:53:00
 
A Influencer Deia Cypri e seu marido, o sertanejo Edson, reconhecidos também por apoiar causas sociais, realizaram nessa semana uma doação especial ao abrigo de animais abandonados da cidade de Louveira. Apaixonados por bichos, o casal sempre se envolve em ações que ajudam ONGS e abrigos, e dessa vez não foi diferente... Logo que souberam da necessidade da entidade, o casal tratou logo de abraçar a causa.
 
edson.jpg
Crédito|Nelson Shiraga
 
A informação sobre a boa ação foi divulgada pela própria equipe do abrigo, junto a um vídeo, onde a influencer e o cantor incentivam todos a doarem, e informam sobre a importância da ajuda para o abrigo e para os animaizinhos. A influencer doou uma semi-joia pessoal, e Edson um chapéu de sua coleção, os objetos serão leiloados em um evento beneficente em pró da ONG AMALO. O objetivo é para que as pessoas se inspirem e conscientizem sobre a importância da doação e adoção.
 
O projeto nasceu da vontade de quatro amigos em ajudar os animais abandonados da cidade de Louveira. Com ajuda de doações, AMALO ONG se tornou uma associação legítima, e conta com a ajuda de doações e adoções de toda população.

Hercosul Alimentos acerta na proposta de comercial inclusivo e na causa da adoção de animais abandonados

por Redação.

City Portal
29/06/2017 20:00:00
 
Marca aposta na publicidade inclusiva e lança dois comerciais emocionantes sobre a amizade entre as pessoas e os animais de estimação
 
dogs.jpg
 
As novas campanhas das marcas Three Dogs e Three Cats da Hercosul, fábrica de alimentos para pets, celebra a inclusão de pessoas portadoras de deficiência com um comercial emocionante, que mostra a amizade entre um garoto especial e seu cachorro de estimação. Segundo o Analista de Marketing da empresa, Leonardo de Oliveira, a escolha de um ator que realmente fosse portador de deficiência para estrelar o comercial da Three Dogs foi unânime. "Essa publicidade faz o convite para uma nova visão sobre as combinações improváveis da vida, como o diálogo entre um menino mudo e seu melhor amigo", revela. 
 
A propaganda traz a assinatura 'Coisa de Amigo' e mantém à estratégia da empresa de se posicionar a favor de causas importantes como essa e também como a adoção de animais, tema do segundo comercial, esse da marca Three Cats. No vídeo, durante uma feira de pets, um rapaz procura seu novo amigo e, ao invés de escolher, ele acaba escolhido por um gato. "São mais de 33 milhões de animais abandonados no Brasil e precisamos fazer alguma coisa para diminuir esse dado assustador. Esse comercial propõe que as pessoas compareçam aos eventos em prol dos pets e se permitam ser escolhidos para uma amizade duradoura e fiel, que não exige nada mais do que carinho", acrescenta Oliveira.
 
Criados pela RBA Comunicação, os comerciais estão sendo veiculados nas emissoras abertas em todo Brasil e internet. As próximas etapas da comunicação da marca devem seguir com a mesma proposta, conforme explica Oliveira. "Vamos promover essa ligação entre a inclusão social e os animais de estimação, pois acreditamos que essa amizade não depende de estereótipos para ser emocionante", conclui.
 
Confira os comerciais aqui:

 

Empresa lança bioprotetor para pets contra o Aedes

por Redação.

City Portal
17/04/2017 23:31:00
 
Produto protege contra Aedes e Culex pipiens, transmissores da dirofilariose, a doença do "verme do coração"
 
Se você anda sofrendo com pernilongos e outros insetos que proliferam no verão, imagine seu pet - que mal sabe como reclamar dos zumbidos das pragas voadoras. Uma empresa de São Paulo está lançando uma solução de alta tecnologia para afastar insetos - inclusive o Aedes aegypti e o pernilongo Culex pipiens, que para os peludos são transmissores da temível dirofilariose - de gatos, cães, hamsters, aves e outros bichinhos.
 
aedesculex.jpg
 
Trata-se de uma versão especial para pets do Aya Tech Protec, bioprotetor nanotecnológico desenvolvido a partir de compostos naturais e sem contraindicações. Já disponível em aerossol de 150 ml, o mais bacana do produto é que ele é aplicado apenas na casinha, colchão, roupinha ou coleira do pet - e protege por 60 dias ou 20 lavagens do tecido. Com solvente à base de água, o Protec não faz mal nem para os pets nem para humanos - mas espanta e mata os insetos. 
 
Se não encontrar o produto na sua petshop predileta, peça na loja online da Aya Tech (http://www.aya-tech.com.br).

Dia 17/03, todos no PIOLA!!!

por Redação.

Parte da renda obtida com a venda das PIZZAS será revertida para a ONG ADOTE UM GATINHO
 
piolagat-.jpg
 
Venha desfrutar de seus sabores preferidos e ajude os BICHANOS a espera de um LAR

Proposta concede benefício fiscal para entidades de proteção animal

por Redação.

City Portal
19/02/2016 16:31:00
 
O deputado Ricardo Izar (PSD-SP) apresenta a Proposta de Emenda à Constituição 101/15 que proíbe a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios de criarem impostos sobre as entidades da sociedade civil dedicadas à proteção animal.
 
riizar.jpg
 
E, segundo ele, esse benefício fiscal abrangeria apenas as entidades que desempenham atividades de recepção, tratamento, manutenção e destinação de animais, “o que corresponde à minoria das associações protetivas”.
 
Trabalho
 
Além disso, ele ainda argumenta que estas entidades realizam um trabalho de competência do Estado, e atualmente não recebem nenhum benefício por isso.
 
Izar cita especialmente as organizações que atuam com animais silvestres, nativos ou exóticos:
 
Os animais resgatados são tratados, reabilitados e encaminhados à adoção, no caso dos domésticos, ou reintroduzidos no ambiente, no caso de silvestres, diretamente, por associações protetoras, sem qualquer atuação ou subsídio do poder público”, afirma.
 
Atualmente, a Constituição proíbe as três esferas administrativas (federal, estadual e municipal) de instituírem impostos sobre templos de qualquer culto; partidos políticos; entidades sindicais de trabalhadores; e instituições de educação e de assistência social, sem fins lucrativos, entre outros.
 
Tramitação
 
A admissibilidade da PEC deve ser examinada na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. E, somente se aprovada, será analisada em uma comissão especial de deputados.