selo Anuncieaqui triplo

Aplicativo gratuito busca lares para cachorros abandonados

por Redação.

Criado pela startup DogLikers, o app Au.dote já reúne cerca de mil cães cadastrados por ONGS a interessados em adoção
 
Não há dúvidas que nós, brasileiros, somos apaixonados por cachorros. E, com o objetivo de promover o encontro entre novos donos e cachorrinhos que esperam por um novo lar, a DogLikers lançou recentemente o Au.Dote, primeiro aplicativo exclusivo para a adoção de cães.
 
adote1.jpg
 
Com aproximadamente mil animais cadastrados e dispostos em perfis, os interessados em adotar um companheiro podem filtrar a busca por localização, incluindo a funcionalidade “próximos a mim”, ONG, raça, porte, idade e sexo.
 
O aplicativo funciona de forma bem intuitiva: o usuário navega por diferentes perfis de cães de diversas ONGs, para visualizar mais detalhes sobre cada cãozinho, basta tocar na foto do perfil e ter acesso à idade, tamanho, histórico, vacinas e muito mais. Se ficar interessado na adoção, a pessoa deve clicar no ícone de coração.
 
Fazendo isso, um email mostrando interesse em adoção é enviado para a ONG responsável e o cãozinho vai para uma lista de favoritos do usuário, podendo ser sempre consultado. Apenas as organizações e instituições aprovadas podem oferecer os animais pela plataforma, isso garante a origem e os bons cuidados com os cães apresentados pelo Au.Dote. 
 
O aplicativo foi desenvolvido pela DogLikers, startup de produtos e serviços exclusivos para cachorros. “Nossas soluções são voltadas para quem ama cachorro e faz dessa paixão um estilo de vida. Então, promover o encontro entre pessoas dispostas a dar amor a cães carentes faz parte de nossa missão. Criamos uma ferramenta que vai potencializar o belo trabalho feito por ONGs sérias e idôneas”, comenta Gustavo Monteiro, sócio fundador da empresa.
 
A ajuda é mais do que bem vinda. Segundo a Organização Mundial da Saúde, estima-se que em 2014, mais de 20 milhões de cachorros viviam em situação de abandono no Brasil. Nas grandes cidades, para cada cinco habitantes há um cachorro. Destes, 10% estão abandonados. Em São Paulo, por exemplo, o número de cães sem lar é de 2,5 milhões, de acordo com um estudo realizado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da USP, em parceria com a prefeitura.
 
O aplicativo foi lançado há dois meses e vem crescendo exponencialmente em número de ONGs parceiras e em número de perfis de cachorros para adoção - já são mais de 17 ONGs de todo o país, cinco em fase de aprovação e quase mil cães cadastrados. “Estamos trabalhando dia e noite para formar parcerias com ONGs idôneas e de confiança. Já recebemos feedbacks positivos de organizações e dois processos de adoção já foram concluídos com sucesso. Este é o maior sinal de que o Au.Dote está no caminho certo”, finaliza Monteiro
 
Gratuito e disponível para iOS e Android, Com o Au.Dote, só vai ficar sem companhia, quem realmente quiser.

Comercial do Android prega democracia de acesso com amizade entre animais

por Redação.

O novo comercial do Google pra divulgar o sistema Android, criado pela Droga5, intitulado “Amigos para Sempre”, usa animais diferentes para divulgar o slogan “Ficar junto. Não é a mesma coisa”. No filme, são apresentadores pares improváveis?: um gatinho e pintinhos, um cão e um golfinho, entre outros.  
 
Androide.jpg
 
De acordo com a Time, a mensagem é uma provocação à Apple. Diferente do concorrente, o Android defende a democracia de acesso que o sistema operacional do Google oferece a todos os aparelhos.
 
O comercial adotou como trilha sonora o clássico “Oo-De-Lally”, do filme animado "Robin Hood", da Disney, de 1973. 
 
Assista ao vídeo:

Dog Solution é a pioneira em trabalhos com enriquecimento ambiental para cães

por Redação.

O centro de convivência também oferece serviços de consulta comportamental, adestramento, passeios, day care e hotel para os animais
 
dogsolu.jpg
 
Ter um animal de estimação nos grandes centros não é uma tarefa fácil. Com acorreria do dia a dia na cidade e com os horários de trabalho cada vez mais extensos, fica difícil dar atenção às atividades essenciais para a saúde do cão. 
 
Pensando no bem-estar e nas necessidades naturais dos cachorros que vivem em centros urbanos, o zootecnista Renato Zanetti criou a Dog Solution. O local é mais do que um espaço para o pet passar o dia, é um Centro de Convivência Canina, onde são oferecidas inúmeras oportunidades para os animais se divertirem e expressarem comportamentos naturais. 
 
Um dia na Dog Solution

A ideia é proporcionar ao cão uma rotina diária que o fará mais saudável e feliz. Para isto, a Dog Solution é pioneira no trabalho com o “enriquecimento ambiental”, ou seja, são introduzidos elementos originais, simples, criativos e de fácil interação na área onde o cachorro passa seu tempo. O ambiente não precisa ser “selvagem”, mas permitir que o animal haja de forma natural. 
 
O Centro de Convivência oferece serviços de consulta comportamental, adestramento, passeios, day care e hotel para cachorro. Inicialmente é feito um diagnóstico detalhado sobre as necessidades do cliente e proposto um plano individual de atividades, balanceado da seguinte forma:
 
- Exercícios físicos e mentais: para tornar o cão saudável e relaxado
- Regras e limites: para facilitar o dono a lidar com seu cão em casa e na rua
- Sociabilização: para atingir um comportamento adequado com outros cães e pessoas
- Carinho: para fortalecer o vínculo entre pessoas e cães
 
Além do bem-estar proporcionado aos cães, a Dog Solution promove um ambiente profissional agradável para seus colaboradores. A carga horária é reduzida e são oferecidos benefícios como quick massage, dayoff, treinamentos trimestrais, subsídios em cursos, vale-cultura entre outros privilégios, para que os funcionários trabalhem com toda a energia e motivação necessárias para acompanhar a rotina dos bichos. 

A Dog Solution está estrategicamente localizada no Brooklin – próximo dos bairros Moema, Campo Belo, Vila Olímpia e a caminho do importante centro comercial da Berrini – numa área de 500 m², onde os cães ficam soltos e são supervisionados 100% do tempo por uma equipe apaixonada pelo que faz. 
 

Animal de estimação requer cuidados especiais no calor

por Redação.

Hidratação, banhos em maior quantidade, tosa e vacinação são dicas dos especialistas para quem tem cães e gatos 
 
cachorrogra.jpg
 
Não há dúvida que a chegada das estações mais quentes do ano altera a rotina das pessoas. Com os animais de estimação, a situação não é diferente. Cães e gatos, os preferidos entre as famílias brasileiras, também necessitam de cuidados especiais para manter a disposição, higiene e saúde em dia durante a primavera e, principalmente, o verão.
 
O primeiro cuidado que deve ser tomado durante as estações mais quentes do ano faz referência ao modo como os animais se alimentam. Segundo a médica veterinária da Esalpet, Gisela Costa Rosa, os bichos de estimação precisam de uma alimentação leve e de muita água. “Os animais sentem tanto ou até mais calor que os seres humanos. Em casa ou durante viagens, cães, gatos e outros bichinhos devem ter água à vontade, comida fresca e espaços para se abrigarem do sol forte”, explica.
 
Além disso, a veterinária destaca a importância de estar com a vacina contra a raiva e vermífugos em dia. “Nesse período mais quente, os animais são levados para passeios em parques, regiões litorâneas, grama e mato, além do contato com pessoas diferentes do convívio diário. Por esse motivo, é importante que ele esteja com a saúde em dia”, diz, lembrando que o ideal é que as pessoas evitem passear com seus pets entre 10 da manhã e 5 da tarde, horário de sol mais intenso e prejudicial à saúde do animal e do próprio dono.
 
Higiene redobrada
 
Gisela reforça, também, que os cuidados com higiene de cães e gatos devem ser redobrados nas estações mais quentes, isso inclui a utilização de xampus antipulgas. “A quantidade de banhos semanais pode aumentar. Duas vezes é o ideal, além da tosa no caso de bichos mais peludos. Isso aumenta a sensação de conforto para o animal”, garante a veterinária da Esalpet.  Por fim, ela ressalta a importância de levar o pet para uma consulta com o veterinário antes de grandes deslocamentos e viagens.
 
Confira os principais cuidados com animais de estimação durante o calor
 
- em casa ou durante viagens, cães, gatos e outros animais devem ter água à vontade, comida fresca e espaços para se abrigarem do sol forte;
 
- As vacinas contra a raiva e os vermífugos precisam estar em dia;
 
- evite passear com seus pets entre 10 da manhã e 5 da tarde;
 
- para banho, utilize xampus antipulgas;
 
- a tosa é indicada para os bichos mais peludos durante as estações mais quentes;
 
- leve seu animal de estimação para uma consulta com o veterinário antes de viagens longas.

Após sucesso nos EUA, canal de TV para cachorros estreia na Europa

por Redação.

Um canal norte-americano voltado para cachorros começou a ser transmitido na Alemanha. A Dog TV exibe uma programação especializada para o público canino e pretende fisgar a demanda de animais que ficam sozinhos quando os seus donos saem de casa. Esta é a primeira vez que a emissora chega a um país do continente europeu, dois anos depois de nascer nos Estados Unidos.  
 
 
 
Segundo EFE, o veículo já figura entre os veículos oferecidos na grade da plataforma de televisão Entertain, da Deutsche Telekom. Na última terça-feira (18/11), o canal disse que no território alemão há cerca de sete milhões de possíveis telespectadores suscetíveis a uma programação desenvolvida especialmente para eles, após analisar o comportamentos dos animais diante da TV. 
 
Ao falar sobre a iniciativa, o professor de veterinária da Universidade Tufts, Nicholas Dodman, garante que a receptividade dos bichinhos de estimação ocorre não apenas por verem seus semelhantes em frente à televisão, mas por romper a monotonia quanto estão sozinhos. Estudos da emissora revelaram que entre 60 e 70% dos donos deixam a TV ligada quando saem de casa.
 
O levantamento mostra, de acordo com a Dog TV, que os cachorros reagem especialmente ao movimento e a outros animais e, por isso, a programação está centrada especialmente nesses elementos. Os conteúdos ali dispostos são estimulantes, relaxantes e educativos. Um deles, por exemplo, mostra uma bola em movimento ou animais correndo por um campo ou um matagal.
 
Enquanto as imagens são transmitidas, uma melodia suave composta por um só instrumento dá ritmo às cenas. Embora os cachorros reconheçam menos cores que os seres humanos, possuem sensores semelhantes ao do homem. O único problema que tinham, diagnosticado pela tela piscada dos antigos televisores, foi resolvido com a tecnologia dos  aparelhos de LCD, com mais definição. 
 
A Dog TV foi criada em 2012 na Califórnia (EUA). Atualmente, o canal conta com um milhão de assinantes espalhados por todo o mundo. Inicialmente, foi transmitido no Japão, na Coreia do Sul e em Israel. Após iniciar atividades na Alemanha, pretende chegar a ser veiculada em outros países, como Reino Unido, Irlanda e França.