RESTAURANTE PISCO * CULINÁRIA PERUANA EM SP

por Luci Sciascia.

03/09/2017 17:36:00
 
O Restaurante Pisco de culinária peruana instalou-se nos Jardins em São Paulo. Elegante, imponente, com uma decoração charmosíssima com detalhes únicos e especiais da cultura peruana. Você tem a sensação de estar almoçando ou, jantando em Lima nos restaurantes lindos da cidade. Os paulistanos estão felizes com mais um restaurante fazendo parte do portfólio de nossa cidade. 
 
pisco.jpgpisco1.jpg
 
O restaurante Pisco foi  inaugurado neste mês de julho e justamente na data em que comemora-se a Independência do Peru. Mais do que um local ideal para saborear as delícias da gastronomia peruana, o espaço nasce com o intuito de promover no Brasil toda a riqueza cultural do país vizinho.
 
Segundo informações e curiosidades, o nome Pisco – é uma homenagem ao porto de Pisco – que prosperou por conta dos vinhedos e intitulou a típica bebida peruana e é também o significado de pássaro, no idioma quechua (incas). Muito bacana né! 
 
O restaurante não é muito grande e sim, no tamanho certo para a localização, é muito bonito e agradável. São 350 metros quadrados e com capacidade para atender 80 pessoas. 
 
O projeto arquitetônico foi assinado pelo brasileiro Marcelo Ramos e o conceito completo de design,cuidadosamente pensado pelo renomado artista peruano Adrian Ilave, que usou como base a decoração do Sul do Peru, onde fica a cidade de Pisco. 
 
No restaurante você se depara com detalhes únicos e especiais da cultura peruana. Desde as cores quentes, lembrando o barro, a madeira rústica, texturas, mobília e a iluminação perfeita. Tudo muito integrado enriquecendo a simbologia da cultura litorânea do Peru. 
 
As diversas intervenções artísticas e culturais do país estão presentes em diferentes cantos da casa, entre elas chamam a atenção: um painel com as cores do pôr do sol - homenagem aos tradicionais tecidos de Paracas; uma divisória trabalhada em madeira - que teve como inspiração o complexo arqueológico Inca de Tambo Colorado; e as pedras nas paredes da varanda - referência às tumbas milenares das múmias Paracas.
 
Já a varanda é muito aconchegante, para um happy hour o lugar é perfeito. O espaço remete ao pier da praia de Paracas e a cor escolhida para o ambiente foi o  rosa colonial, inspirado em uma antiga fazenda espanhola do local.
 
Na parte interna, o restaurante se divide entre bar, salão e uma área ao ar livre, que juntos acomodam 62 pessoas sentadas. Para promover ainda mais a cena cultural do Peru, o Pisco deve receber uma programação esporádica com exposições, shows intimistas, entre outras atrações. Aguarde!
 
A Gastronomia
 
pisco2.jpg
pisco3.jpgpisco4.jpg
 
Não poderia ser diferente, nada melhor que lembrar o País com a bebida e a comida que o representam mundialmente. Portanto, a bebida pisco e o ceviche - famoso prato da culinária do Peru baseado em peixe branco cru e marinado em suco de limão - são os carros-chefes do restaurante.      
 
O Chef
 
A cozinha está sob o comando do chef peruano Oscar Vásquez-Solis. O cardápio tem como diferencial a apresentação da original  “Cozinha de Raiz” com ceviche norteño, cóctel de camarões, causa de cangrejo, leche de ligre e lomo saltado, entre eles.
No bar, como não poderia deixar de ser, a tradicional bebida pisco que já faz muito sucesso. Entre as versões que ganharam destaque estão o Pisco Sours (coquetel), Lagunillas e Chinchivi.
 
A inauguração do Restaurante Pisco é resultado do sonho, paixão e obstinação de Oscar Vásquez-Solis e do sócio dele, Alfredo Kong. Há sete anos em São Paulo, Oscar - que também já atuou como chef durante nove  anos na Flórida (EUA) - firmou-se como expoente na divulgação da cultura peruana no Brasil; tanto é assim que recebeu o título do governo do Peru como o "Homem do ano de 2012", considerado o mais destacado divulgador da cultura peruana no exterior.
Atualmente o chef é assessor do Consulado do Peru para temas gastronômicos e culturais. É também o criador da Expoceviche, evento multicultural-gastronômico peruano que já contou com quatro edições em São Paulo e uma no Rio de Janeiro. Crítico gastronômico premiado (vencedor do "Miradas", prêmio concedido a personalidades da gastronomia peruana ao redor do mundo), ele também é parceiro do autor brasileiro de novelas Walcyr Carrasco (embaixador da gastronomia peruana no Brasil) na empresa “Culinária Peruana”, que desenvolve vídeos sobre a gastronomia peruana.
 
Eu estive conhecendo a casa e degustando as delicias do cardápio apresentado pelo chef Oscar Vásquez-Solis e fiquei perplexo com a qualidade e apresentação dos pratos. Foi servido uma entrada deliciosa, um prato que representa bem a culinária peruana. O ceviche, o milho bem evidente compondo o prato e a Causa que é um prato peruano muito muito conhecido e estava muito bem feita, o purê integrando o recheio de forma tão suave que acredito ter sido uma das melhores que provei desta culinária. Na sequência o Lomo Saltado – como comentei com o chef é um dos pratos mais pedidos no Brasil. Assemelha-se bastante com nosso picadinho com legumes e carne. Lógico que de forma diferente! Estava delicioso! 
As sobremesas são sempre exóticas e diferentes. Um doce delicioso que parece mais o cannoli recheado de doce de leite e o famoso Alfajor Peruano que é delicioso!
 
Restaurante Pisco 
 
Vá e comprove, eu adorei!