selo Anuncieaqui triplo

O maravilhoso bistrô francês

por Redação.

09/11/2017 22:21
 
Antes de morrer, o pai de Marianne fez com que a filha prometesse ser feliz. Ela tinha apenas 19 anos e pouco tempo depois se casou com Lothar, um alemão sargento-mor da artilharia.  Ele amava seu trabalho, sua casa, seu carro, tudo menos Marianne. Por anos ela se prendeu a este casamento abusivo e sofreu calada nas mãos de um marido egoísta e controlador. Mas, durante suas férias em Paris, Marianne decide colocar um ponto final em tudo.
 
bistro.jpg
 
Na Ponte Neuf, ela se joga no rio Sena, preparada para abraçar a morte. Porém, é salva por um homem, que a leva para o hospital. É lá que Marianne encontra um azulejo pintado com uma paisagem de uma cidade portuária na Bretanha. Inspirada pela imagem, decide embarcar em uma derradeira aventura em busca do seu merecido recomeço.
 
Aos sessenta anos, Marianne mostra que não há idade para ser feliz. Segundo a autora Nina George, a personagem representa diversas mulheres.
 
Marianne carrega o rosto de todas as mulheres que não são tão jovens e que eu vi em minha vida, com quem conversei, que abracei ou apenas percebi em um pequeno momento a distância. Nela está a mulher de idade da região de Horn, em Hamburgo, que puxa uma revista do lixo e arranca uma amostra de perfume. Nela estão as mulheres que ainda trabalham como garçonetes e cujos sorrisos ficam cada vez mais bonitos quanto mais eu lido com elas. Ela é a mulher que não sabe de onde vem, que eu massageava em uma cama de hospital de uma estância com unguento alcoólico e cuja mão buscava a minha. É minha avó e as mulheres que estão por trás de uma empresa familiar.”
 
Nina George também é autora de “A livraria mágica de Paris”, que já vendeu cerca de 40 mil exemplares no Brasil. “O maravilhoso bistrô francês” chega às prateleiras em novembro pela Record.
 
O maravilhoso bistrô francês
Nina George
Páginas: 280
Preço: R$ 39,90
Tradução: Petê Rissatti
Editora: Record | Grupo Editorial Record