selo Anuncieaqui triplo

Comédia "Não Vamos Pagar!" entra em cartaz no Teatro Folha

por Redação.

25/08/2017 01:09:00
 
Montagem com texto de Dario Fo tem produção e atuação de  Virginia Cavendish 
 
A comédia "Não Vamos Pagar!" do dramaturgo italiano Dario Fo inicia temporada no Teatro Folha dia 1º de setembro e fica em até 22 de outubro, com sessões de sexta-feira a domingo. Dirigida por Inez Viana, a peça, num ritmo dinâmico e divertido, mostra as hilariantes situações que envolvem as personagens Antônia e Margarida, donas de casa que fazem de tudo para manter suas finanças sob controle.
 
comedia.jpg
Edson Lopes Jr.
 
Antônia acaba de perder o emprego. Seu marido, João, trabalha em uma fábrica ameaçada de ser fechada. Em protesto contra aumento de preços, um grupo de mulheres decide invadir e saquear um supermercado. Entre elas, Antônia, que a partir daí se envolve em uma sequência de peripécias. O marido, cheio de valores e princípios éticos, prefere morrer de fome a fazer algo ilegal – e não faz ideia do que sua mulher tem feito. Somam-se a isso os problemas criados pela amiga Margarida, relutante em ajudá-la, e os vários encontros e incidentes com a polícia.
 
Na montagem tudo acontece de maneira muito ágil, graças ao elenco formado por Virginia Cavendish, idealizadora e produtora do projeto, Marcello Airoldi, Zéu Britto, André Dale e Luísa Vianna. O espetáculo estreou em 2014 e já percorreu 26 cidades, em temporadas de sucesso.
 
Os diálogos escritos por Dario Fo são ágeis, inteligentes e cheios de sátiras políticas. A diretora Inez Viana observa que a peça é muito atual porque as personagens vivem em crise financeira bem parecida com a que os brasileiros experimentam no momento. Ao mesmo tempo o texto permite que os atores brilhem e se divirtam nas situações cômicas. "É notória a inspiração de Dario Fo no popular para chegar ao erudito, mantendo a crítica, sempre no tom satírico, político e mordaz, sem perder a poesia e a esperança em dias melhores", destaca a diretora Inez Viana.
 
FICHA TÉCNICA
Idealização: Virginia Cavendish
Autoria: Dario Fo
Tradução: José Almino
Direção: Inez Viana
Elenco: Virginia Cavendish (Antônia), Marcello Airoldi (João), Luísa Vianna (Margarida), André Dale (Luís) e Zéu Britto (sargento, capitão e pai).
Iluminação: Renato Machado
Direção musical: Ricco Vianna
Figurino: Juli Videla
Cenário: Omar Salomão
Cenotécnica: André Salles
Design gráfico: Omar Salomão
Produção Executiva: Paulo Ferrer e Marcella Castilho
Assistente de Produção Executiva: Barbara Balian
Direção de Produção: Virginia Cavendish
Realização: Casa Forte SP Produções Artísticas
 
NÃO VAMOS PAGAR!
 
Teatro Folha
Estreia: 1º de setembro de 2017
Temporada até: 22 de outubro de 2017
Apresentações: sexta-feira, às 21h30; sábado, às 20h e 22h, e domingo às 20h
Ingresso: R$60,00 (setor 1) e R$40,00 (setor 2) às sextas-feiras; R$70,00 (setor 1) e R$50,00 (setor 2) aos sábados e domingos
Duração: 95 minutos
Classificação etária: 12 anos 
 
TEATRO FOLHA
Shopping Pátio Higienópolis - Av. Higienópolis, 618 / Terraço / tel.: (11) 3823-2323 - Televendas: (11) / 3823 2423 / 3823 2737 / 3823 2323 Site: http://www.teatrofolha.com.br

ALICE NO PAÍS DA INTERNET - O MUSICAL

por Redação.

19/08/2017 17:16:00
 
Espetáculo que acontece nos dias 2 e 3 de setembro, no Teatro Bradesco SP, terá a atriz Heloisa Périssé no papel de Alice. As personagens Coelha e Rainha de Copas serão interpretadas por Antonia Périssé e Luisa Périssé, respectivamente
 
O Musical é uma livre adaptação da clássica história “Alice no País das Maravilhas”, mas que evidentemente se torna uma viagem repleta de aventuras devido a inesgotável fonte de novidades que existe no mundo da informática.
 
alice.jpg
Auri Cultural
 
Para encenar a trama em formato de musical, o ilustre diretor Chiquinho Nery seguiu basicamente a história original do escritor Charles Lutwidge Dodgson, publicada em 4 de julho de 1865 sob o pseudônimo de Lewis Carroll.
 
O espetáculo, que promete despertar a imaginação e provocar a fantasia do público, estará em cartaz, nos dias 2 e 3 de setembro, às 16h, no Teatro Bradesco (Shopping Bourbon), em São Paulo. Os ingressos já estão à venda. Mais informações no serviço abaixo.
A história começa quando a pequena Alice tropeça no teclado do seu computador e cai dentro do seu monitor, empurrada por Bob Mouse, o mouse do computador, interpretado pelo ator Luciano Borges.
 
Alice ganha um notebook de presente no dia do seu aniversário e quando vai dormir, sonha que seu computador ficou enorme. Assim, o palco se transforma num imenso monitor. 
 
O público terá a oportunidade de assistir a um espetáculo repleto de efeitos especiais onde Alice, presa dentro do seu computador, viajará por diversos programas. 
 
A personagem Alice é interpretada pela atriz Heloisa Périssé e as personagens Coelha e Rainha de Copas são interpretadas pelas atrizes Antonia Périssé e Luisa Périssé, respectivamente.
 
O Chapeleiro Maluco, interpretado pelo ator Sérgio Duarte, personagem do conto original, também está presente neste sonho alucinante.  Além disso, a personagem Vírus, interpretado pelo ator Cláudio Handrey, promete destruir todos os programas do computador.
           
Alice conhecerá a personagem Caipira, interpretado pelo ator Rogério Freitas, que a levará para passear na partitura de “O Trenzinho Caipira”, magnífica composição de Heitor Villa-Lobos, a bordo de um trenzinho.
 
A trilha sonora é composta por obras de grandes compositores da música universal, como Heitor Villa-Lobos, Vivaldi, Beethoven, Mursogsky, Chopin, Debussy, Offenbach e Tchaikovsky.
 
O espetáculo conta com cinco cantores responsáveis pela trilha sonora: Liza Matta, Bruno Boer, Sara Chaves, Pablo Marcel e Carolina Pinas.
 
O Cristo Redentor, escolhido como uma das Sete Maravilhas do Mundo Moderno, será sobrevoado a bordo do 14-Bis, “pilotado” por Billy Cat, o provedor, interpretado pelo ator Danilo Ferreira.
 
Os cenários são de Alexandre Murucci, figurinos de Marcelo Marques, iluminação de Aurélio de Simoni, coreografia de Sueli Guerra, arranjos e direção musical de Nico Rezende, animações de Ricardo Monteiro, preparação vocal de Fátima Regina, direção de produção de Ernaldo Santini, direção de Cláudio Handrey; com autoria e direção geral de Chiquinho Nery.
 
Patrocínio: Vivo
Apoio: Hospital Santa Paula
Realização: Aui Cultural e Opus Promoções
Duração: 60 min.
Faixa Etária: Livre
 
SÃO PAULO
Dia 2 e 3 de setembro
Sábado e domingo, às 16h
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)
 
ATENÇÃO: Não será permitida a entrada após o início do espetáculo.
 
Capacidade: 1.457 pessoas
Acesso para deficientes
 
Estacionamento:
Isento até 15 minutos
Compras no Záffari acima de R$ 40,00 = 3h de isenção
Self: Primeiras 2 horas = R$ 12,00
Hora adicional = R$ 2,00
Valet Parking: 1ª hora = R$ 16,00
Hora adicional = R$ 10,00
Motos: Primeiras 2 horas = R$ 10,00
Hora adicional = R$ 2,00
 
CANAIS DE VENDAS OFICIAIS:
Ingresso Rápido: 4003-1212 
Bilheteria Teatro Bradesco: Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo Horário de funcionamento: Domingo a Quinta das 12h às 20h, Sexta e Sábado das 12h às 22h.

Até que o Casamento nos Separe

por Redação.

13/08/2017 19:08:00
 
Nos dias atuais em que os relacionamentos são tão efêmeros, durando cada vez menos, em que numa semana o casal está na capa da revista mostrando o começo de namoro e na semana seguinte o fim da união, ficar junto durante 20 anos não é tarefa fácil.
 
casamento.jpg
 
Em Até que o Casamento nos Separe, reestreia dia 19 de agosto no Teatro Itália, conta as intimidades de Otávio (Eduardo Martini) e Maria Eduarda (Suzy Rego), durante os seus 20 anos de história.
 
Com inteligência e romantismo Até que o Casamento nos Separe, é não só uma grande comédia, mas uma seqüência de momentos hilários que poucas vezes são tão bem colocados. Tavinho e Duda com a maior sinceridade abrem sua vida, cheia de comédia, contrapontos e riqueza de detalhes onde fica absolutamente impossível não se identificar com algum fato da vida deles.
 
Durante a peça eles falam com muito bom humor sobre assuntos pertinentes a qualquer casal: TPM, a lua de mel, o cotidiano da casa, a divisão de tarefas, as brigas, o balanço da relação e de amor.
 
FICHA TÉCNICA
 
Texto: Eduardo Martini e Cris Nicolotti
Direção: Eduardo Martini
Elenco: Eduardo Martini e Suzy Rêgo
Figurinos e arte gráfica: Adriana Hitomi
Iluminação e operação de luz: Marcus Filomenus
Operação de som: Alessandra Rocha
Cenário: Eduardo Martini
Fotos: Cláudia Martini
Assessoria de Imprensa: Fabio Camara
Produção: Bira Saide
Administração: Valdir Archanjo
Realização: Martini Produçoes, USSaide Produçoes
 
Até que o Casamento nos Separe
Teatro Itália, (Av. Ipiranga 344 – República). 290 lugares.
19/08 até 01/10 (Sábado 21h30 e Domingo 19h) 
INFORMAÇÕES: 3255-1979
VENDAS PELA INTERNET: http://www.compreingressos.com
INGRESSOS: R$ 80,00 (inteira) e R$ 40,00 (meia).
DURAÇÃO: 80 min 
CLASSIFICAÇÃO: 12 anos 

Sidney Oliveira recebe famosos em sessão especial da peça "O Pai" de Fúlvio Stefanini

por Luci Sciascia.

12/08/2017 14:02:00
 
Evento aconteceu na noite dessa quarta-feira (09) no teatro Frei Caneca em São Paulo
 
Nessa quarta-feira (09), a Ultrafarma promoveu uma sessão fechada para convidados da  peça "O PAI" protagonizada por Fulvio Stafanini. A noite marcou a volta do espetáculo ao Teatro Frei Caneca, depois de uma temporada em São Paulo.
 
ultrafarma2.jpg
Sidney Oliveira e Fulvio Stefanini - Créditos Paulo Lopes
 
A iniciativa foi do empresário Sidney Oliveira, presidente e fundador da Ultrafarma, que recebeu na noite amigos, parceiros, imprensa e famosos. Entre os convidados especiais que prestigiaram o evento estavam Raul Gil, Daniela Albuquerque, Amilcare Dallevo Jr., Dedé Santana, Rafael Cortez, Dunga, Faa Morena, Celso Zucatelli, Mara Maravilha, Helô Pinheiro, Mamma Bruschetta, Mariana Leão, Iris Stefanelli, Mariana Godoy, Narcisa Tamborindeguy, Amaury Jr., Gilbert Stein, Amir Slama, Claudio Pessutti , Padre Omar, Lilian Gonçalves e Beth Szafir. 
 
Além dos casais Cesar Filho e Elaine Mickely, Izabelle Stein e Maurício Manieri e o sertanejo Edson e Deia Cypri.
 
ultrafarma5.jpg
Amaury Jr e Raul Gil - Créditos Antonio Dantas
 
ultrafarma4.jpg

BELA ADORMECIDA

por Redação.

02/08/2017 18:27:00
 
Após bem-sucedida temporada no Teatro Opus, o musical que traz Adriane Galisteu no papel principal ao lado do filho Vittorio, estende temporada no Teatro Bradesco SP até 15 de agosto
 
adrianagali.jpg
Crédito: Bianca Tatamiya
 
Todo mundo tem seu clássico preferido e a história da Bela Adormecida está entre uma das mais adoradas mundo afora. Esta nova adaptação do conto de Charles Perrault colocará a vilã Maléfica para cantar e encantar espectadores de todas as idades.
 
Com direção do italiano Billy Bond, o musical infantil Bela Adormecida é fruto da adaptação do famoso conto de fadas homônimo e conta a história da princesa Aurora (Bela Adormecida), que em sua festa de batizado acaba sendo vítima de uma terrível maldição proferida por Maléfica, a rainha do mal.
 
Com realização da Black & Red Produções, o espetáculo que estreou no novíssimo Teatro Opus, em São Paulo, será apresentado entre os dias 7 e 15 de outubro, no Teatro Bradesco SP (Shopping Bourbon). Ingressos já à venda na bilheteria do Teatro, pelo site da Ingresso Rápido (www.ingressorapido.com.br) e pontos autorizados. Confira o serviço completo abaixo.
 
Adriane Galisteu é a protagonista da produção. No papel de Maléfica, ela trará uma nova imagem ao estereótipo típico dos personagens dos contos de fadas que, geralmente, são antiquados e carrancudos. Galisteu interpreta uma vilã muito mais jovial, elegante, majestosa e até com certa luz própria. Outra novidade é que a atriz contracena com seu filho Vittorio Galisteu. Vittorio, de seis anos, interpreta o papel do Príncipe Felipe Criança. Essa foi uma maneira encontrada por Galisteu para inicia-lo no mundo das artes cênicas e também para estar mais perto do filho enquanto trabalha.
 
Bela Adormecida também nos presenteia com personagens carismáticos e sequências incríveis, a começar pela abertura, que se destaca pela riqueza dos cenários e, principalmente, pelos belíssimos efeitos especiais. Efeitos, estes, que podem ser vistos durante toda a apresentação, como, por exemplo, na transformação de Maléfica em Dragão, a luta entre o Príncipe Felipe e o Dragão, a mudança de cores do vestido da Bela Adormecida, atores contracenando com desenhos animados, entre outros. Além disso, o público poderá experimentar interações, como cheiros e sensações de chuva e neve na plateia. O musical possui, no total, seis cenários reais e virtuais, todos minuciosamente elaborados e construídos.
 
As fadas Flora, Fauna e Primavera, protetoras de Aurora, são personagens que prometem encantar e cativar a audiência do teatro. Este trio de irmãs renderá cenas mágicas durante o musical, como, por exemplo, um desastre provocado e que se torna a surpresa do aniversário da princesa adormecida. As três personagens conduzem, praticamente, a história toda durante o musical.
 
Carlos Gardin ficou responsável pelos figurinos do espetáculo. Ele criou e produziu 180 peças para dar vida a este mundo de fantasia cheio de glamour. Os 40 personagens que aparecem em cena serão representados por 22 atrizes e atores, que se revezam em diferentes papéis. Confira elenco completo:
 
A trilha sonora é outro elemento que merece destaque. A música-tema é de composição do grande compositor russo Piotr Ilich Tchaikovsky (O Lago dos Cisnes) e as trilhas tema dos personagens Bela, Felipe, Maléfica e Fadas foram especialmente compostas para o musical pela dupla VILABOND. As composições conseguem proporcionar uma maior emoção e intensidade às cenas românticas, cômicas ou de maior ação.
 
Bela Adormecida pode ser considerada uma verdadeira reunião de vários elementos típicos presentes nos contos de fadas: princesas amaldiçoadas, combates mortais, castelos, reis, fadas, dragões, entre outros. Além de ser um conto mundialmente conhecido. Apesar de sua história ser bem conhecida, ela consegue prender a nossa atenção e nos deixar verdadeiramente encantados, tamanha a magia e graciosidade presentes na produção.
 
Elenco
 
Maléfica – Adriane Galisteu
Standing – Titziane Marques
 
Bela Adormecida– Nicole Rosemberg
Príncipe Felipe – Caio Mutai
Príncipe Felipe Criança – Vittorio Galisteu
Standing- Beatricce Stoll
Rei Estevão – Italo Rodrigues
Rainha- Mayla Betti
Rei Nemésio- Marcio Yacoff
 
Fadas
Flora – Luana Marthin
Fauna – Ana Saguia
Primavera – Paula Canterini
 
Ensemble
(Soldados, Arautos e Dragão)
Alvaro de Padua
Marcos Antoneli
Newton Yamasaki
Matheus Laurini
Tayanne Zandonato
Fabio Galvão
Axila felix
Larissa Porrino
Carla Reis
Paula Perillo
 
Pernas de Pau
Daniel de Oliveira
Alex Santos
 
Ficha técnica:
 
Figurinista: Carlos Alberto Gardin
Perucas e postiços: Wellington Fontinelli e Emily Garcia
Transporte na produção de figurinos: Amilton Rodrigues de Carvalho e Caio Bragha
Cenários: Silvio Galvão e Billy Bond
Adaptação: Billy Bond e Lilio Alonso
Diretor geral de dramaturgia: Billy Bond e Andrew Mettine
Direção de Cena: Marcio Yacoff
Coreografia: Italo Rodrigues e Paula Perillo
Coaching Vocal:  Nick Vila Maior
Direção Musical: Bond e Villa
Diretor Técnico  - Angelo Meirelles
Efeitos especiais: Gabriele Fantine
Filmes e animações: George Feller e Lucas Médici
Mappings: Nicolas Duce
 
Realização: Black&Red Produções
 
Duração: 110 min
Faixa etária: Livre
 
BELA ADORMECIDA
Dias 7, 8, 12, 14 e 15 de outubro
Sábado e domingo, às 15h e às 11h30
Quinta-feira, às 15h
Teatro Bradesco (Rua Palestra Itália, 500 / 3º piso – Bourbon Shopping São Paulo)
 
*Sessões de 12 a 15/10 a atriz Adriane Galisteu não irá se apresentar.