selo Anuncieaqui duplo

Mauricio de Sousa pede que perfil com tirinhas da “Turma da Mônica” seja tirado do ar

por Redação.

O dono de um perfil no Twitter que publicava tirinhas sobre a história de quadrinhos “Turma da Mônica” foi notificado por Mauricio de Sousa. O cartunista não gostou da forma como os personagens eram citados pelo internauta e pediu ao usuário do microblog que retirasse a página do ar. A solicitação foi aceita.
 
 
Segundo YouPIX, o espaço tinha menos de dois dias de existência e já reunia mais de 10 mil seguidores. Hoje, 13 dias depois, são mais de 30 mil usuários que acompanham seus conteúdos. A ideia do criador da página era misturar os quadrinhos da Mônica com legendas ofensivas e termos pejorativos, como palavrões e incitações a brincadeiras que fazem citação a rótulos de pessoas. 
 
Embora apresente algumas portagens bem trabalhadas, havia outros que denotavam preconceitos e que podem ter deixado o cartunista chateado. Numa delas, a imagem dizia: "você é gorda e não gostosa, esconde essa barriga". Por e-mail, Sousa solicitou a retirada dos posts. Após atender ao pedido, o perfil trocou a base e agora ironiza cartoons de Mafalda e personagens da Marvel. 
 
Outra página no microblog fez o chamado kibar, que, nesse caso, significa copiar e colar todos os conteúdos compartilhados pelo espaço acionado pelo cartunista. Após ser citado pelo YouPIX, também saiu do ar. O autor do perfil em questão está sendo orientado por um advogado sobre como manter o perfil sem complicações judiciais e diz que queria apenas se divertir com o público.
 
Ao falar sobre o caso, Mauricio de Sousa afirmou: “não me incomodo que o público adulto veja, mas considerei desagradável usarem os personagens nesse contexto. Temos um público infantil grande e seria muito chato que crianças vissem. Não é censura, é um cuidado necessário com o que criamos e construímos”. Numa outra oportunidade, a posição do chargista não foi a mesma.
 
Em 2010, Fernando Marés fez um tumblr com tirinhas da “Turma da Mônica” em um contexto mais adulto. Na ocasião, Sousa elogiou o internauta. “O inventor do processo é muito criativo e buscou um veio rico, interessante para boa parte do público. Principalmente jovem. O estilo do autor, seu conhecimento do universo da Turma da Mônica, a força dos personagens e a atual irreverência que se permite na internet se juntaram… e não podiam dar em outra coisa”, disse.